as bibliotecas dinamizam em dezembro

Sessões de cinema nas bibliotecas escolares do AELdF – as proposta de dezembro

Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela pode extrair a imaginação

Charlie Chaplin

 

SBE-Cartazmensaldezembro

cinemaBECP

cinemaBECO

Concurso "Ilustração de Fábulas"

O Serviço das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Lima-de-Faria promove um concurso de incentivo à leitura e ilustração de fábulas de Esopo. Assim, a equipa da biblioteca, em colaboração com os professores de Inglês e de Português, lança o concurso de ilustrações de fábulas – um desafio à tua criatividade e de todos aqueles que gostam de ler, aprender e viajar através das palavras e das imagens.

Lê as condições de participação no concurso (clica na imagem), visita a tua biblioteca para te serem facultadas as fábulas, as quais deverás ler com atenção, e solta a tua criatividade.

ConcursoIlustrafabula

Boletim Bibliográfico n.º 12 - Filmes

Boletim bibliográfico n.º 12, série BECO - Filmes

 

O cinema é tridimensional e para assisti-lo não precisamos de óculos especiais. Não espere dele uma resposta para o que é cinema, o que é poesia, o que é arte, o que é literatura. Tudo está lá e nem sempre é preciso ver para entender que tudo está lá.

Veja o Boletim Bibliográfico n.º 12 da BECO para saber quais os filmes novos que estão disponíveis.

 

 

 

 

 

Universos da literatura portuguesa contemporânea.

A literatura é um dos meios de compreender e expressar o mundo no qual os portugueses continuam a espelhar a sua alma.

Muitos são os escritores portugueses contemporâneos que se afirmam com estilos, linguagens e universos ficcionais muito próprios.

Com notas biográficas, bibliográficas e excertos da obra de 10 autores, quere-se destacar estrelas da literatura portuguesa, cujo nome nem sempre está tão na ponta da língua, como o está o dos grandes que estudamos na escola.

 

 Univlitport

Clicar na imagem para aceder ao Ebook

Poética linguagem científica.

A propósito do dia da ciência e do desenvolvimento [10 de novembro]

Desde o menor grão do universo e desde os seus primeiros momentos até as maiores distâncias e o futuro mais longínquo, examinaremos o espaço e o tempo em ambientes familiares e estranhos, buscando sem tréguas o conhecimento da sua verdadeira natureza. 

 

 Brian Greene, O tecido do cosmos

 

Os conceitos científicos ocultam todo um significado sobre o mundo que nos rodeia e que escapa à compreensão dos não iniciados na linguagem das ciências da natureza.

Expressos em termos por vezes belos e quase sempre misteriosos, os conceitos científicos escondem o labor dos muitos que se dedicaram a desvendar os segredos da natureza. O fruto desse trabalho é usado por todos nós no dia-a-dia, sem que se conheça a sua origem e sem que, na maioria das vezes, consigamos penetrar no maravilhoso mundo da ciência.

A exposição A poética da linguagem da matemática e das ciências da natureza visa desvelar um pouco desse mundo. A partir de conceitos que foram selecionados pela sua beleza e pela riqueza do significado que encerram, clarifica-se o seu sentido e a sua importância para a relação da humanidade com o mundo, assim como o trabalho dos muitos cientistas que, ao longo do tempo, contribuíram para o saber, para o poder, mas também para a perplexidade que cada um destes conceitos encerra e desvela.

 

Poeticalinguagem04.11

Clicar na imagem para aceder ao Ebook

Boletim Leituras em Rede 2

Leituras em rede 2: A guerra

 

Num mundo que permanece ainda em guerra, com este Boletim pretende-se coligir informação sobre a 1.ª Guerra Mundial e também destacar obras que nos levem a refletir sobre a Guerra e o seu impacto nas sociedades.

Os documentos de carácter informativo centram-se nos acontecimentos históricos que antecederam ou que ocorreram durante o período da 1.ª Guerra Mundial.

As obras de ficção (literatura ou filmes) têm  a Guerra, e em particular no século XX, o seu ponto de partida.

 

Boletim Bibliográfico nº 61

Boletim Bibliográfico n.º 61 da Biblioteca Escolar Clara Póvoa - Artistas

 

A vocação do artista é lançar luz sobre a alma humana.   

George Sand

 

Através do traço, da cor, da forma, do som, os artistas captam, sentem, expressam  a luz e o ar. Criam, recriam e obrigam o olhar a parar, numa tensão não resolúvel entre a objetividade e a subjetividade.

 Neste Boletim, apresentamos documentos da coleção da Biblioteca Escolar Clara Póvoa, através das quais podemos aceder a obras de arquitetos, pintores e músicos.  Documentos de apresentação e de  análise, mas também biografias romanceadas em livro e em filme, que nos permitem penetrar um pouco mais no mundo da criação artística.

 

 


Colabore
Livros!
Loja!