Elaborar e apresentar trabalhos

Definir um tema de investigação, procurar informação, selecionar, organizar, fazer uma boa apresentação, saber qual é o melhor suporte para apresentar a informação… Tudo isto são etapas do trabalho escolar que nos levantam dúvidas sobre como fazer para fazer bem.

Os professores bibliotecários do concelho de Cantanhede estão a produzir recursos que podem ajudar alunos e professores a resolver estas dúvidas e que estão disponíveis no blogue O Aprendiz de Investigador. Novos recursos vão ser acrescentados ao longo deste ano letivo.

No Agrupamento de Escolas Lima-de-Faria os guias sobre apresentação de trabalhos (ver aqui e aqui) e elaboração de referências bibliográficas (ver aqui e aqui) foram aprovados em Conselho Pedagógico para serem adotados e aplicados por todos os alunos e professores.

Bom trabalho e bom ano letivo!

aprendiz

Relatório executivo do Serviço das Bibliotecas Escolares do Agrupamento

As Bibliotecas Escolares prestam um serviço de apoio fundamental às atividades escolares e de complemento curricular. Facilitam o acesso a informação, ao livro e à leitura e apoiam crianças / alunos e educadores / professores no desenvolvimento dos trabalhos de investigação e na transformação da informação em conhecimento.

Pode consultar no Relatório Executivo alguns dados sobre o trabalho realizado ao longo do ano letivo de 2013/2014 pelo Serviço das Bibliotecas Escolares do Agrupamento Lima-de-Faria, Cantanhede (ex Agrupamento de Escolas Finisterra-Cantanhede) que inclui a Biblioteca Escolar Carlos de Oliveira e a Biblioteca Escolar Clara Póvoa. O Relatório Executivo disponibilizado é uma breve súmula do relatório que foi apresentado em Conselho Pedagógico e dos relatórios de execução dos Planos de Ação de Melhoria apresentados junto da Rede de Bibliotecas Escolares.

Publicado em 23/07/2014

Férias com livros ...

Aproximando-se a passos largos o período de férias para as nossas crianças, mesmo as que ainda não dominam a leitura, o Boletim Bibliográfico nº 9 Férias com livros  apresenta sugestões de livros infantis a partilhar em família. Ler, viajar e crescer são fruto de mágicas leituras. Boas viagens através das palavras.

Publicado em 12/06/2014

Alunos da Escola Secundária de Cantanhede são vencedores do Concurso Missão Ipad

Os alunos Gustavo Guerra, João Branco e Nuno Neto, da turma do 12.º CSE, venceram, na modalidade de trabalho escrito, o concurso Missão Ipad.

O concurso Missão Ipad é dinamizado pela PORDATA e pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares. Tendo como ponto de partida dados fornecidos pela PORDATA, e sob a orientação dos professores Isabel Bernardo e José Manuel Ferreira, os alunos desenvolveram o tema “Educação e desenvolvimento económico”. Ler aqui

O trabalho elaborado tem como objetivo debater a relação entre educação e crescimento económico e mostra que não existe, em Portugal, uma relação direta entre investimento na educação e desenvolvimento económico. Mas, também mostra que os países europeus cuja população têm níveis mais elevados de escolaridade são também os que têm maior índice de desenvolvimento humano. Com base nessa evidência, é debatida a possibilidade de existirem fatores que interferem no impacto da educação no desenvolvimento económico, nomeadamente a existência de uma política sistemática de incorporação de mão-de-obra qualificada no tecido produtivo das empresas. Para analisar esta hipótese, é explorado o caso da indústria portuguesa do calçado, caso ímpar de sucesso na conjuntura atual. Alguns dos dados apresentados pela indústria do calçado permitem inferir que a resposta ao problema do desemprego jovem entre os mais qualificados passa pela incorporação de capital humano qualificado nas empresas, condição para que o investimento na educação possa ter um retorno económico significativo para o país.

pordataalunos

Da esquerda para a direita: João Branco, Nuno Neto e Gustavo Guerra.  

© Serviço das Bibliotecas do Agrupamento Finisterra-Cantanhede. Biblioteca Escolar Clara Póvoa.

Publicado em 05/06/2014

Férias com livros

Tempo de férias é tempo de descanso, de brincadeiras, mas não significa pausa nas leituras. Nestas tuas férias continua a participar em aventuras fantásticas, a desvendar mistérios, a descobrir lugares longínquos e maravilhosos, a viajar deitado no relvado do jardim ou na toalha de praia.

Durante este período de pausa letiva, vem à tua biblioteca escolar e sai de mãos dadas com os teus livros preferidos.

Licínia Torres

Pubblicado em 05/06/2014

 

Ler em férias… ensaio

uso incontrolado das aplicações técnicas da ciência, nomeadamente por padrões éticos que tivessem em consideração o respeito pela sustentabilidade da vida e do planeta Terra, levaram a uma incompreensão do que é a ciência.  Algumas posições mais fundamentalistas veem na ciência uma perda do mistério da natureza.

Porém, como defende Richard Dawking em Decompondo o arco-íris, “o sentimento de respeito deslumbrante que a ciência nos pode oferecer é uma das experiências mais notáveis da mente humana. É uma profunda paixão estética que tem  o seu lugar entre o melhor que a música e a poesia podem proporcionar. É verdadeiramente uma das coisas que fazem com que a vida mereça ser vivida” (Dawking, 2000, 10)

Publicado em 29/05/2014

 

Ler em Férias... Romance

«What a miracle is that out of these small, flat

rigid squares of paper unfolds world after world,

worlds that sing to you, comfort and quiet or excite you.

Books help us understand who we are and how we are to behave.

They show us what community and friendship mean;

they show us how to live and die.»

Anne Lamott

Quando anoitece, preenche-nos um sentimento de um dia bem conseguido.
O sol põe-se. Na plenitude de uma varanda debruçada sobre o mar, ouvem-se as cigarras e os grilos.
Com um romance nas mãos, entra-se no imaginário de olhos bem abertos, à procura da completude perfeita de mais um dia.
Publicado em 22/05/2014
 

Colabore
Livros!
Loja!